Encontro Regional de Peões e Prendas, Encontro Regional de Gaiteiros da 14ª Região Tradicionalista e 1º Encontro de Gaiteiros da terra do meteorito é

25/01/2023 | Municipio de Putinga

Encontro Regional de Peões e Prendas, Encontro Regional de Gaiteiros da 14ª Região Tradicionalista e 1º Encontro de Gaiteiros da terra do meteorito é realizado em Putinga.





O evento aconteceu no último dia 15 de janeiro e faz parte do calendário de eventos culturais da 14ª RT e teve como objetivo abrir as comemorações do tema anual do Movimento Tradicionalista Gaúcho 2023 : Minha gaita conta história – A influência da gaita na construção da identidade do gaúcho” – o tema anual 2023 do Movimento Tradicionalista Gaúcho fará homenagens aos 100 anos de nascimento de Honeyde Bertussi, aos 60 anos de Baile Gaúcho, de Tio Bilia, e aos 80 anos de Adeus Mariana, de Pedro Raimundo.

O evento contou com palestras dos três autores do tema anual : Paulo Bertussi, Daniel Forrati e Andrei Caetano , os quais enalteceram a importância da gaita na construção da identidade do gaúcho , a biografia de Honeyde Bertussi, Pedro Raimundo e Tio Bilia , importantes artistas que deixaram valioso legado não só na música regionalista , mas para a cultura gaúcha .

O dia contou ainda , com homenagens a Honeyde Bertussi realizada pelo peão e guri regionais , as prendas mirins a Pedro Raimundo, as prendas juvenis ao “rei da oito baixo “ Tio Bilia . As gaiteiras também não foram esquecidas , coube as prendas adultas da região homenagear e enaltecer as contribuições das mulheres na música e como gaiteiras , ressaltando importantes artistas gaúchas . O 1º Piá Farroupilha da 14º RT , falou do seu envolvimento com a música e as contribuições que ela traz para seu desenvolvimento , na sequência cantou e tocou a música Cancioneiro das Coxilhas como homenagem a Honeyde Bertussi e para concluir sua participação convidou os gaiteiros mirins para juntos realizaram uma apresentação. Além da parte cultural o evento teve muita música , onde um dos pontos altos do evento foi a execução, pelos gaiteiros , de forma , as músicas : Cancioneiro das Coxilhas e Oh de Casa de Honeyde Bertussi, Adeus Mariana de Pedro Raimundo e Baile Gaúcho de Tio Bilia . O encontro foi finalizado com as apresentações individuais, transmitida ao vivo pela Rádio Cultura, os gaiteiros tocaram músicas dos artistas homenageados pelo tema anual do MTG 2023. O encontro contou com a presença do Coordenador da 14ª RT Áureo Moraes Rodrigues, Conselheira do MTG , Elizandra De Oliveira , da Diretora Cultural da 14ª RT Denize Lemes Silva, do Diretor Jovem da 14ª RT Dionatan Salvini ,patrões e patroas , diretores culturais e artísticos , peões e prendas das entidades tradicionalistas da região e da 24ª RT , além de gaiteiros da região e de outras regiões tradicionalistas . O CTG Querência Xucra foi escolhido para sediar o evento por possuir dois representantes no prendado regional, Francesco Dartora Mazocco é o 1º Guri Farroupilha da 14ª RT e Jordano Ernesto Casagrande é o 2º Piá Farroupilha da 14ª RT.

Para o anfitrião do evento Francesco Dartora Mazocco, o qual, representará a 14ª RT , o CTG Querência Xucra e a cidade de Putinga no Entrevero Cultural de Peões do estado do Rio Grande do Sul em abril desse ano na cidade de Ijuí /RS , o evento foi de suma importância para a perpetuação da cultura gaúcha e para que a sua geração possa conhecer e admirar grandes artistas da cultura sul rio grandense . Ressaltou ainda , sua preparação para o evento que contou com entrevistas a gaiteiros de Putinga como Agostinho Dal Prá que já fez parte da Associação de Músicos do Brasil que lhe contou como eram os bailes de antigamente, sem aparelhos eletrônicos, o som era somente o que saia da própria gaita “era na força dos braços e das mãos “ como Dal Prá relembrou ao mencionar que os bailes começavam ao entardecer e só terminavam aos primeiros raios de sol do outro dia . E a participação do gaiteiro Aldo Titon falando de sua relíquia, uma gaita Todeschini fabricada em 1938 , com certeza uma das primeiras a ser comercializada pela empresa de Bento Gonçalves- RS , que iniciou sua atividade comercial no ano de 1939. Aldo Titon foi questionado sobre o motivo da gaita ter sido fabricada em um ano e só comercializada um ano depois, onde ele explicou a todos os presentes que o instrumento na época levava esse tempo para poder ficar pronto para ser usado pelos gaiteiros. O encontro foi avaliado como de grande sucesso pelos organizadores , pois atingiu seu objetivo de reunir peões prendas , gaiteiros , tradicionalistas e admiradores da música gaúcha de diferentes gerações, sendo o gaiteiro mais jovem Estevão Ferrari , de Anta Gorda com 10 anos e o mais experiente Ivanor Galeassi que comemorou seu aniversário de 76 anos no evento . Além é claro , de ter a presença dos três autores do tema anual do MTG 2023 que contribuíram de forma ímpar para o sucesso do evento.



Mais imagens:
Topo